Modalidades

Componentes Criticas Futebol

Componentes Criticas Basquetebol

Componentes Criticas Andebol

Componentes Criticas Voleibol

Componentes Criticas Atletismo - 1º Período

Componentes Criticas Atletismo - 2º Período

Componentes Criticas Atletismo - 3º Período

Componentes Criticas Ginástica

Componentes Criticas Mini-Trampolim

Componentes Criticas Badmington

História das Modalidades

História Futebol

História Basquetebol

História Andebol

História Voleibol

História Atletismo

História Ginástica

História Badmington

Sábado, 24 de Janeiro de 2009

História Atletismo

     O Atletismo, palavra de origem grega (Aethlos = esforço) é uma actividade que se desenvolveu tendo por base o desenvolvimento e aproveitamento de certas capacidades específicas do Homem – o que unido ao espírito desportivo, se constituiu num conjunto de actividades lúdicas, praticadas desde épocas muito antigas nos momentos de ócio e por um grande número de culturas que interpretavam perfeitamente este tipo de práticas segundo a sua própria cosmovisão – celta, grega, culturas pré-colombianas, povos africanos, etc..

      Os relatos mais antigos deste tipo de práticas encontram-se no “Livro de Leinster” (1961), numa descrição dos “Jogos de Taiti” que remontam ao séc. XIX a.c. Em Creta este tipo de actividades foi alvo de particular atenção, constituindo mesmo um dos pólos mais importantes da vida social da época. O mesmo se verificou noutras sociedades: as várias modalidades atléticas constituíam uma área fundamental da educação do indivíduo (e.g.: em Esparta, eram praticadas desde muito cedo tanto pelas raparigas como pelos rapazes).

     Foi na Grécia Antiga, onde as actividades atléticas tinham particular relevância na educação, que o Atletismo surgiu como uma modalidade desportiva, que era objecto de competição, proporcionando assim o aparecimento dos antigos Jogos Olímpicos. Consta que aconteceram pela primeira vez no ano de 776 a.C., em Atenas. A partir daí o Atletismo tem sido a expressão máxima destes jogos, e a sua expansão pelo mundo sucedeu de forma fácil e natural.

     Quando, no século passado, se começou a proceder em Inglaterra ao agrupamento e à regulamentação de certas práticas atléticas ancestrais com o nome de Atletismo, estas formaram o núcleo base de um dos mais importantes fenómenos sociais do nosso tempo – os Jogos Olímpicos Modernos. O Atletismo tinha-se convertido num desporto, cuja antiga concepção de “esforço”, se transforma numa dura competição para superar uma marca, ou seja, os limites do ser humano são representados pelo “record” através de práticas tão antigas como o próprio Homem – o Atletismo como medida do Homem.

     Foi em Inglaterra (1866), com a fundação do “Clube Atlético Amador” que se começaram a “desenhar” os contornos daquilo que viria a constituir a Federação Internacional de Atletismo Amador (F.I.A.A.). Desde então o desenvolvimento e aperfeiçoamento em termos de regulamentação foram notórios. As alterações às regras que se verificaram um pouco por todo o lado durante o séc. XIX nas Universidades onde se organizavam as competições de atletismo puderam desta forma ser alvo de um processo e uniformização por parte dos organismos internacionais e olímpicos para, em 1926, assumirem a sua forma actual.

     Nos nossos dias, o atletismo engloba um conjunto de várias disciplinas desde as corridas, aos lançamentos, passando pelos saltos e por provas combinadas.  

                        

Fica aqui um registo histórico do Atletismo

publicado por Vamos Fazer Educacao Fisica às 15:46
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Janeiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
23
25
26
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

links

subscrever feeds